quinta-feira, 30 de junho de 2016

A Batalha do Apocalipse RPG 2.0



"Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o paraíso celeste foi palco de um terrível levante." Essa é a oração que inicia o livro, que em poucos capítulos já mostra a que veio, no segundo capítulo já temos um combate entre dois arcanjos!

Seguindo pela história conhecemos Ablon, um anjo renegado, expulso do céu e forçado a viver na terra, onde já reside há 5 mil anos. Começamos na cidade do Rio de Janeiro, nos braços do cristo redentor, onde Ablon encontra um antigo amigo acompanhado de um rival, de la seguimos para uma batalha épica em tempos imemoriais. Ablon, o herói, começa a perceber os sinais do apocalipse e, junto de outros anjos, parte numa jornada de volta para o lugar que foi expulso, para salvar o mundo.

A grande sacada de A Batalha do Apocalipse é o seu universo coeso, cheio de deuses, anjos, arcanjos, demônios... O próprio tempo é diferente para os seres transcendentais, o sétimo dia começou a milhões de anos e ainda não terminou, por exemplo. Os próprios personagens, mesmo no auge de seu poder quase deístico (to cheio de palavras bonitas hoje), tem convicções e personalidades próprias e bem definidas.

Resumindo, o livro é foda, com um verdadeiro universo criado por seu autor, pronto para ser usado em vários livros futuros e, quem sabe, quadrinhos ou filmes, um dia. A é, o final é muito bom! Leiam!

Compre aqui.


E no RPG?


É difícil ler A batalha sem ter nem uma ideia de aventura, ou ideias para deixar o seu universo de campanha mais crível. O livro, como já disse, é um manual de personagens épicos, todos são poderosos, com habilidades próprias, como a fúria de deus - o ki dos querubins - ou as habilidades de controle de elementos de alguns demônios ou anjos. Falando desse jeito o livro parece uma salada, mas o que EU acho mais foda é como mistura de elementos vindos de varias fontes de uma forma tão boa.

Um jogo no universo do livro pode ser sobre explorações em vários universos, sobre humanos com poderes de feitiçaria já esquecidos pelo mundo, anjos evitando guerras, diplomacia no inferno (?), entre outras grandes sagas, tudo bem comum para jogadores acostumados com campanhas de RPG.

Eis que trago a vocês "A Batalha do Apocalipse RPG 2.0".  

Baixe aqui.


Nenhum comentário: