sexta-feira, 15 de abril de 2016

Itens Raros: Trevas 1ª Edição



Lançado em meados da década de 90, quando o RPG no Brasil iniciou um boom de títulos e boa parte dos livros tinha um preço não muito acessível, TREVAS tinha o atrativo de ser um RPG completo por apenas R$5,00.
O Advanced Dungeons & Dragons (AD&D) da Editora Abril, com seus três livros e mais outros suplementos, era o mais caro na época de se adquirir, seguido pela edição nacional de GURPS e a caixa do Dungeons & Dragons da Grow.
Mesmo na safra de RPGs nacionais lançados na época, ainda assim não haviam muitos títulos com um preço mais acessível para o RPGista mais simples, fato que quase “elitizava” o hobbie.
Até que a revista Dragão Brasil lançou uma edição especial com o nome “Trevas”.
À primeira vista parecia uma edição sobre cenários de horror, mas ao adquirir a revista o leitor RPGista tinha a grata surpresa de ter adquirido um RPG completo, com o suficiente para conduzir aventuras com temática sobrenatural/horror nos tempos modernos, isso ao custo de meros R$5,00!
Regido pelo “Sistema Daemon de RPG”, com testes baseados em porcentagens tanto nas perícias quanto nos atributos, era um RPG de fácil compreensão.
Desenvolvido pelo escritor Marcelo Del Debbio, na época com 22 anos, o tom sombrio do cenário teve base em seu conhecimento em sociedades secretas, ocultismo e mitologia. Neste RPG, o jogador é convidado (ou arrastado) a fazer parte dos mortais que sabem a verdade. Neste cenário, os jogadores tinham de “decifrar os enigmas, encontrar as saídas, combater as trevas… ou ser engolido por elas”.
Regras e apresentação de cenário mais que suficientes para começar a jogar.
Trazia a novidade de, em suas regras de criação de personagens, utilizar cartas de baralho para definir os atributos e algumas características do personagem (era opcional utilizar pontos para isso), assim podia-se ter um personagem com atributos muito acima da média, ou o inverso disso dependendo da sorte do jogador nas cartas, mas tal “desequilíbrio” nas mãos de um Mestre ou Jogador habilidoso podia render ótimas histórias.
Esta primeira edição era muito bem ilustrada por desenhistas nacionais: Alex Sunder, Cristiano Rodrigo, Eron Reigotta e Greg Tocchini (este em início de carreira e na época assinando como Evandro Gregório), davam o visual sombrio para a revista.

Ilustrações de: Alex Sunder, Evandro Gregorio, Eron Reigotta e Cristiano Rodrigo.Traços nacionais em alta.

Tanto o cenário quanto as regras eram compatíveis com os RPGs Arkanum (1995) e Invasão (1996) da antiga Trama Editorial (atual Melody).
Ainda hoje é um bom RPG para quem está iniciando suas aventuras no mundo da imaginação e, por ser basicamente um RPG de horror, necessita de poucos jogadores (o mestre e mais dois jogadores são suficientes) para fazer boas aventuras de horror, ação, intrigas…

E eis que trago a vocês essa grande obra...

Trevas 1ª Edição

Baixe aqui.


Nenhum comentário: